ADRIAN TOMINE

Grande nome do quadrinho independente americano, AdrianTomine não teve nada publicado no Brasil,com exceção feita a uma história sua que integra ” COMIC |BOOK – O Novo Quadrinho Americano”( antologia ESGOTADA publicada pela Conrad, com diversos nomes do meio indie, como Daniel Clowes, os irmãos Hernandez,o “cult” Joe Sacco, entre outros). O quadrinisita começou de forma independente, publicando sua Optic Nerve. E ao longo dos dos números se PALPA a notória evolução  narrativa, bem como do traço. Mas o grande chamariz  de suas hitorias é o aspecto derrotista latente. Adolescente demais? Pós-adolescente demais?MAS TUDO está lá. Os anseios, as burradas e o desejos,transcritos com uma sensibilidade fora do comum.Pungência pura. Enfim, fica a dica.Hj,nosso amigo se dedica mais a ilustração, capas de cd,livros e revistas(Adrian é um dos caras que mais desenhou capas da New Yorker).  Ele cresceu, mas sua obra continua atemporal. Procurem por 32 stories(um belo box com as 7 primeirs edições originais de O.N. reproduzidas em formato facsimile) e por Summer Blonde. Meus trabalhos favoritos do cara e que devem ser lidos, com Pixies, Afghan Whigs,Fugazzi,Dinossaur Jr e Pavement como trilha.

Hoje

Um comentário em “ADRIAN TOMINE

  • 12 de fevereiro de 2010 em 20:57
    Permalink

    Hum…muito interessante. Agora vou atrás dessa antologia da Conrad…Não lembro dela. Valeu pelo toque.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: