Casanova: Luxuria / Resenha

Por Icaro Freitas do Cruzador Fantasma.

Depois de um bom descanso estamos de voltei com as atividades no Cruzador Fantasma trazendo uma HQ sensacional que encontrei lá na  Comix durante minhas andanças em São Paulo durante a Campus Party 2013, chamada Casanova:Luxuria, com roteiro de Matt Fraction, arte de Gabriel Bá e cores da talentosíssima Cris Peter.

Nessa HQ  o personagem se chama Casanova Quinn, James Bond futurista e beiçudo, da agência I.M.P.E.R.I.O., sempre envolvido em roubos e assuntos de espionagem, seu pai, o diretor da agência, sua irmã, e agentes da M.I.S.T.E.R.I.O, um grupo rival que contata o personagem e começa a usar ele para seus planos obscuros.

No inicio de  Casanova: Luxuria o personagem é introduzido tentando roubar/raptar uma androide ou pessoa, com isso a HQ começa a ambientar  um pouco da realidade do personagem para o amigo leitor, a medida que vai avançando, o caldo nessa HQ vai ganhando novos ingredientes e ficando cada vez mais interessante.

casa-27

O roteiro de Matt Fraction nesse material é sem dúvida um dos melhores que li ultimamente, mostrando um mundo futurista repleto de tecnologias, grupos criminosos, andróides seminuas com peitos de fora, poderes psíquicos, um herói duplo e muita confusão desenfreada.

21

Em certos momentos você acha que perdeu algo com tanta informação, mas a medida que as páginas vão passando você vê que tudo esta amarrado, e se mesmo assim você não pegou de primeira essa HQ utiliza do artifício de quadros informativos inseridos no meio da narrativa onde os próprios personagens explicam algo daquele momento, isso  é sensacional e em certos momentos da um tom de humor, ponto positivo e bacana nesse encadernado.

4

A arte do Gabriel Bá está sensacional como sempre e com a mesma pegada que ele utilizou em Umbrella Academy, traço limpo com uma arte-final matadora com cada quadrinho chamando atenção e prendendo a atenção do leitor no decorrer da narrativca.

3

Uma outra coisa que realmente merece um comentário especial são as cores da Cris Peter que deixaram o trabalho primoroso e interessante limitada pela quantidade de cores (45 cores) escolhidas pelo próprio Gabriel Bá que além de dificultar um pouco, ajuda a destacar o talento da Cris Peter em Casanova: Luxuria por resolver questões de colorização e que realmente me agrada demais esse estilo chapado no uso das cores em determinados momentos da trama.

casa29

Além do Gabriel Bá desenhando a HQ, nós também temos nessa edição uma história bônus desenhada pelo seu irmão Fabio Moon, com uma pegada um pouco diferente na arte final mas mesmo assim sensacional onde até a cidade do Rio de Janeiro faz um pontinha (mesmo que somente em um quadro e em chamas! Risos!!).

casa35

Casanova: Luxuria é uma HQ com enredo bacana e arte animal, não indicado para pequenos infantes. Se você gosta de quadrinhos com espiões, ladrões e uma historia frenética que te prende do início ao fim, essa é pra você! É isso pessoal e nos encontramos na próxima postagem do Cruzador Fantasma.

dados_publicacao_luxuria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: