Thor: Por Asgard / Resenha

Por Icaro Freitas do Cruzador Fantasma.

Olá, Guerreiros. Trago-lhes a resenha de um pergaminho adquirido na livraria auspiciosa conhecida como Comix entitulada Thor: Por Asgard, escrita por Robert Rodi e magistralmente ilustrada por Simone Bianchi. Um tomo deveras interessante que destrincharei para os amigos guerreiros das HQ´s nas próximas linhas.

Ok, vamos ao que interessa…  Thor: Por Asgard é uma história onde, no meu ponto de vista, o Deus do Trovão foi levado ao limite, fazendo com que até ele ficasse em dúvida sobre si mesmo. O Pai de todos sai em uma peregrinação e deixa em seu lugar o Poderoso Thor, neste cenário Asgard está imersa em um inverno impiedoso, o nobre Balder  sucumbiu mas tem um papel importantíssimo na história, todas as criaturas de outros reinos que viviam ao redor de Asgard se rebelaram, rebeliões dentro da cidade dourada e o Poderoso Thor não consegue mais erguer o Mjonir deixando aquela sensação de que ele está fazendo algo errado.

12

A arte de Simone Bianchi em certos momentos lembra o estilo clássico das pinturas e casa perfeitamente com o personagem mítico do Poderoso Thor, a ambientação sombria que Robert Rodi (também responsável pelo roteiro em Loki) insere neste encadernado, em certos momentos da história, realmente deixam aquela pulga atrás da orelha sobre como vai acabar a história.

51

Resumindo tudo, Thor: Por Asgard é um encadernado que leva o Deus do Trovão a um outro nível como personagem pois mostra que até mesmo deuses podem ficar em dúvida quanto às suas decisões e com enredo e arte primorosas como essas vale a pena ter na coleção.

 

Dados da Publicação

dados_publicacao_TPA

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: