Drifters, novo mangá do autor de Hellsing pela Nova Sampa

O mercado de mangás brasileiro anda aquecido, fato! A Panini e a JBC não param de nos brindar com novos lançamentos de peso! Vem aí Pokémon, Magi, Kuroko no Basket, a volta de Berserker, e muitos outros que, sem dúvida, vão repetir o sucesso do Japão aqui no Brasil! A editora New Pop, que também participa deste segmento, continua trazendo obras do aclamado estúdio Clamp e é a responsável por lançar as obras do mestre dos mangás, Osamu Tezuka, aqui em nossa terrinha! No último ano, vimos a entrada da Nova Sampa neste mercado, que já nos trouxe obras impressionantes, como  Gurren Lagan (sucesso lá fora), Old Boy e Ikkitousen, além, claro, da volta do glorioso Vagabon, no mesmo formato luxuoso que a Conrad publicava anteriormente. Como se isso não bastasse, uma nova editora surgiu recentemente, a Astral Comics, que entrou no mercado de mangás com Omega Complex, uma obra que tem agradado muitos leitores, que já manifestaram suas opiniões na internet. Enfim, o público brasileiro de mangás pode dizer, com orgulho, que o mercado nacional vem crescendo, tanto em quantidade, quanto em qualidade.

Dito tudo isso, mais uma obra chega ao país para provar que as nossas editores estão investindo em bons títulos! Trata-se de DRIFTERS, mangá mais recente de Kouta Hirano (publicada desde 2009), autor de Hellsing, lançado antes pela JBC! Confira a sinopse abaixo e comece já a sua coleção!

COMPRE AQUI!

 

Sinopse

Publicada a partir de 2009 no Japão, a história de Drifters começa em uma época muito distante, em 1600, durante a Batalha de Sekigahara. Esse conflito, que de fato aconteceu, levou o Xogum Tokugawa – famoso entre os leitores brasileiros graças à sua constante citação em Samurai X (Rurouni Kenshin) – ao controle do arquipélago nipônico.

Durante o embate, Shimazu Toyohisa é ferido mortalmente. Porém, antes de morrer, ele é transportado para um mundo paralelo. A primeira coisa que descobre nessa nova realidade é que ela não é habitada somente por humanos, mas também por diversas criaturas. O guerreiro japonês, então, fica sabendo que foi convocado para aquele mundo para ser um dos chamados Drifters, e lutar contra as forças da Escória comandadas pelo misterioso Lorde Negro.

Ao lado de Toyohisa também estão outros guerreiros japoneses, como Oda Nobunaga e Nasu no Yoichi.

Ao longo da história, o autor adiciona novos elementos, tanto no grupo do protagonista quanto no da Escória. Os Drifters, por exemplo, contam com os Generais Hannibal e Publius Cornelius Scipio Africanus, o piloto da Segunda Guerra Naoshi Kanno e até os caubóis fora da lei Butch Cassidy e Sundance Kid.

Eles lutam contra uma enlouquecida Joana d’Arc, a princesa perdida Anastasia Romanov, Hajitaka Toshizo – um antigo guerreiro do Shinsegumi que combatia em nome do Xogum Tokugawa – e até o lendário mago russo Grigori Rasputin.

 

Drifters-1-Capa-Editora-Nova-Sampa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: