Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Voltar para o topo

Topo

Quadrinhos

Quadrinhos Nacionais, importados, zines e etc

Sessão de autógrafos com Thobias Daneluz, João Montanaro, Felipe Nunes e Thales Gaspari na COMIX

mar 22, 2017 |

A Comix Book Shop programou para este sábado (25) mais um evento imperdível para os amantes dos quadrinhos nacionais.
Leia Mais

500 SUPER OFERTAS na Comix!

nov 25, 2016 |

– O maior acervo do Brasil está com 500 SUPER OFERTAS!

São mais de 8 mil produtos (quadrinhos e mangás) a sua disposição, incluindo os últimos lançamentos! Este é aquele momento em que você aproveita para fechar um pacote daqueles e avançar com a sua coleção! Não Perca!

Leia Mais

Chegou na Comix #04.11.16 Conexão Comix Conexão Comix

nov 4, 2016 |

O Chegou na Comix é um programa semanal que tem como objetivo apresentar quadrinhos e livros lançados no período e já à venda na Comix Book Shop. Leia Mais

[Resenha] Dupin, de Leandro Melite

set 27, 2016 |

Publicada originalmente no blog parceiro Impulso HQ


Quando falamos em Edgar Allan Poe, as palavras mistério e macabro aparecem na conversa quase que imediatamente. Afinal, os contos desse autor são reconhecido até hoje por chocar e incomodar seus leitores. Por isso, o quadrinista Leandro Melite encarou um grande desafio ao recontar “Os Assassinatos da Rua Morgue” em Dupin, álbum lançado em novembro de 2015 pela editora Zarabatana Books. Leia Mais

Resenha: Papa-Capim – Noite Branca

set 19, 2016 |

Publicada originalmente no blog parceiro Impulso HQ


O selo Graphic MSP a cada ano lança grandes obras com os personagens de Mauricio de Sousa com o traço e visão de outros autores. Inegável como a série abriu um caminho sem volta, mas depois de 12 volumes, será que as graphics MSP ainda têm folego?

Depois de anos, as graphics MSP já não são mais novidades e muitos personagens do Mauricio já foram interpretados, e até teve volumes com continuação, que é o caso de Astronauta, de Danilo Beyruth e Turma da Mônica, dos irmãos Caffagi. Se a decisão editorial foi repetir a fórmula dos volumes que mais alcançaram sucesso, isso significa que não teremos mais nada de novo?

A resposta pode ser encontrada em “Papa-Capim: Noite Branca”, o décimo primeiro álbum da coleção, que foi realizado pela dupla Marcela Godoy e Renato Guedes, lançado em abril de 2016.

papacapimnoitebranca

Em Noite Branca os autores encaram de frente grandes desafios. Trabalham com personagens poucos conhecidos de Mauricio, transpõem para o roteiro conceitos da cultura indígena sem cair nos clichês esteriotipados e deturpados e representar graficamente os biotipos e características da tribo. Tudo isso preservando a essência do Papa-Capim alinhada com uma história de terror!

Exato, é um conto de terror no coração da Amazonia. Vendo o nome de Marcela Godoy assumindo o roteiro, o fato não é de se espantar. Marcela é conhecida no cenário nacional dos quadrinhos justamente pelos seus trabalhos desse gênero, como Fractal e A Dama do Martinelli.

O que espanta é o fato de Mauricio de Sousa ter topado as suas criações envolvidas nesse gênero, o que demonstra a força e a importância do selo, inclusive, o próprio Maurício, que obviamente aprovou o resultado da transição, relata isso em seu texto de abertura.

É interessante ver como Marcela reinterpreta os personagens. Ela os inseriu realmente em uma comunidade indígena, com hábitos, costumes e regras característicos. Claramente se percebe que a roteirista realizou uma profunda pesquisa, inclusive dos mitos e da cultura dos índios brasileiros.

papacapimnoitebranca02

Noite Branca traz Papa-Capim em uma situação difícil. Nosso herói descobre que uma ameaça sobrenatural pretende tomar a vida dos membros da sua aldeia e o jovem índio tenta alertar tanto o Pajé quanto o cacique Ubiraci do perigo. Marcela aproveita esse momento para humanizar ainda mais os personagens e abre espaço para conflitos de comportamentos, atitudes e decisões.

Em sua jornada para proteger e salvar seus amigos, principalmente Cafuné, Papa-Capim enfrenta grandes perigos e encontra Honorato, filho de Cobra-grande, que vai ensinar ao jovem índio, que está apenas no começo da sua caminhada, a resgatar a sua família.

Nesse ponto Marcela une todos os conceitos e elementos originais do personagem com a sua proposta de terror. Há sim a reflexão e a preocupação com a natureza (Papa-Capim sempre foi um defensor da ecologia), a parte sobrenatural, e por que não espiritual, dos índios e também o famoso arco do herói que visa o crescimento do personagem.

papacapimnoitebranca01

Se a HQ reflete amizade dentro das páginas, o mesmo acontece fora delas. Marcela Godoy e Renato Guedes são amigos de longa data e há muito tempo tinham planos de desenvolver um projeto em conjunto.

Guedes já é um nome conhecido no mercado internacional dos quadrinhos. Teve uma longa carreira nas principais editoras de super-heróis (Marvel e DC Comics) e já desenhou o Super-Homem, Wolverine e os Vingadores Secretos. Logo, os leitores podem esperar por belas sequências de ação e ângulos dinâmicos.

O artista decidiu usar nesse projeto sua habilidade em arte digital, gerando um resultado que pode causar certa estranheza para quem acompanha o trabalho do quadrinista nas páginas dos super-heróis. O efeito é uma mistura de traço realista com o aspecto artificial 2D, principalmente por causa do recorte das cores.

Com a ambientação sombria, que o tema da HQ pede, o leitor se depara com uma arte de sombras carregadas, às vezes até ocultando os rostos dos personagens, que agrada e ao mesmo tempo causa o desconforto de um conto de terror.

papacapimnoitebranca07

Papa-Capim: Noite Branca, que chegou à redação do Impulso HQ graças aos nossos parceiros da Comix Book Shop, é uma resposta positiva para quem estava com medo de que as graphics MSP poderiam cair na mesmice da repetição. É uma HQ com proposta interessante que prova que os personagens de Mauricio de Sousa podem transitar em qualquer gênero.

Pode ler Papa-Capim: Noite Branca sem receio e só tenha medo mesmo se um dia as graphic MSP acabarem.

Papa-Capim: Noite Branca
Editora Panini – Graphic MSP
Roteiro: Marcela Godoy
Arte e cores: Renato Guedes
Cor base: Diogo Nascimento, Paula Goulart
Letras: Tainan Rocha
Lombada quadrada
Papel couché
19 x 27,5 cm
84 páginas
R$ 32,90 (Capa dura)
R$ 22,90 (Capa brochura)

COMPRE AQUI!